Garimpeiro é morto em operação do Ibama em Jacareacanga no Pará

Segundo o Ibama, uma equipe foi atacada a tiros durante a fiscalização numa área de proteção ambiental.

-- continua depois da publicidade--

Índice do conteúdo

Veja o que diz o tiktoker diclenecarmov sobre o assunto.

-- continua depois da publicidade--
@diclenecarmo♬ som original – Diclene Carmo

-- continua depois da publicidade--

O G1 fala que:

Um garimpeiro morreu após uma operação de órgãos federais contra o garimpo ilegal no Alto Tapajós, em Itaituba, no sudoeste do Pará. O caso ocorreu na sexta-feira (25) e a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar o caso.

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), uma equipe do órgão “foi atacada a tiros durante ação de fiscalização contra o garimpo ilegal na Área de Proteção Ambiental (APA)” e “houve confronto e um criminoso foi baleado”.

-- continua depois da publicidade--

O Ibama disse também que o garimpeiro “estava armado com uma pistola e atirou contra os agentes ambientais, que reagiram”.

O caso foi registrado no garimpo “Canta Galo”, localizado em Jacareacanga. O homem, identificado como Garcia Vieira, chegou a ser socorrido e levado de Jacareacanga para Itaituba em um helicóptero, mas não resistiu aos ferimentos.

-- continua depois da publicidade--

A região do Tapajós, que compreende os municípios de Itaituba, Jacareacanga e Novo Progresso, concentra a maior quantidade de alertas de garimpo no país, principalmente em Unidades de Conservação e Terras Indígenas.

Operação contra garimpo ilegal
Segundo o Ibama, o operação foi iniciada em 10 de agosto e já desmobilizou 29 acampamentos de apoio ao garimpo ilegal.

O Ibama também informou que “houve queda de cerca de 90% dos alertas de garimpo na região” e “foram destruídas 62 escavadeiras hidráulicas, 66 dragas, 89 motores, cinco motos, quatro caminhonetes, duas carretas-tanque, um tanque-aéreo, um barco-tanque, um caminhão e 61 mil litros de diesel”.

-- continua depois da publicidade--

A ação é realizada em conjunto com o ICMBio e tem apoio da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional de Segurança Pública e da Fundação Nacional dos Povos Indígenas.

Tv Tapajoara

Veja no vídeo da Tv Tapajoara:

-- continua depois da publicidade--

SBT News

E mais abaixo no SBT News.

Com informações de G1, Tv Tapajoara e SBT News.