Confira os 9 minerais mais tóxicos do mundo

Em nosso mundo moderno, os minerais preciosos são empregados em quase tudo. Além do ouro e da prata, que são os mais populares, há outros minerais que encantam as pessoas, como o quartzo e o mercúrio, por exemplo. A variedade destes elementos é imensa.

-- continua depois da publicidade--

No entanto, entre esses elementos, se encontram os materiais mais tóxicos da ciência. Apesar de seus colores chamarem atenção, ao longo dos anos, foi comprovado que são muito perigosos, a ponto de serem retirados da produção industrial. Acompanhe abaixo uma lista com nove minerais valiosos extremamente destrutivos.

-- continua depois da publicidade--

O Sulfeto de Mercúrio, conhecido universalmente como Cinnabar, é a principal fonte de Mercúrio elementar desde os tempos da antiga civilização humana. Ele tem sido usado para fornecer pigmentos para cerâmica e tatuagens, além de equipamentos científicos, como termômetros e barômetros, assim como várias outras aplicações industriais pesadas.

Contudo, no momento em que é oxidado, o elemento em questão produz metil-mercúrio e dimetil-mercúrio: substâncias altamente tóxicas, as quais causam danos irreversíveis ao sistema nervoso de pequenos. Estes compostos são letais mesmo em doses mínimas e podem ser absorvidos pelos meios respiratórios, pelo aparelho intestinal e também através da pele. Por conta disso, grande parte dos setores já interromperam ou estão a caminho de abolir a sua utilização.

-- continua depois da publicidade--

Pirita

Pirita
Pirita

O enxofre e o ácido sulfúrico são usados amplamente na indústria. O primeiro pode ser encontrado em produtos tão diversos quanto jogos, pneus e fungicidas. O segundo é um ingrediente essencial na fabricação de diversos pigmentos. A Pirita é o único mineral que contém ferro e enxofre, dessa forma proporcionando a combinação perfeita para obter os elementos.

A causa da exploração da Pirita gerou grandes esforços de mineração, que por sua vez tiveram consequências ambientais devastadoras. Quando misturada ao carvão e exposta ao ar, ela entra em combustão espontânea, liberando na atmosfera compostos altamente tóxicos como o arsênio.

-- continua depois da publicidade--

A Pirita não é mais recuperada da mineração comercial uma vez que descobriu-se que o enxofre pode ser facilmente obtido como um subproduto do gás natural e de processamento de petróleo. Atualmente, ela é escassamente extraída e só é removida se for utilizada para fins de amostra.

Fluorita

Fluorita
Fluorita
-- continua depois da publicidade--

Fluorita, uma linda pedra verde, é composta por fluoreto de cálcio. Ela é encontrada ao lado de outros minérios – ferro, carvão e cobre -, e pode ser usada na fundição. Também é muito vista em joias e lentes de telescópios. Ao misturar a Fluorita com ácido sulfúrico, surge o fluoreto de hidrogênio, um importante precursor químico usado na indústria.

A Fluorita, infelizmente, pode ser prejudicial para aqueles que entram em contato com o mineral. Contendo flúor, ele pode ser absorvido pelas vias respiratórias quando está na forma de pó. Esta absorção leva a fluorose, uma doença que traz consigo dores e enfraquece os ossos e articulações, causando graves problemas ao esqueleto.

Quartzo

Quartzo
Quartzo
-- continua depois da publicidade--

O Quartzo é o segundo mineral mais encontrado na Terra e, ao mesmo tempo, o primeiro usado pelo ser humano. Desde a antiguidade, o seu potencial para gerar fogo é explorado nas atividades mineradoras. Cristais de quartzo estão presentes em objetos eletrônicos como relógios e rádios, além de abrasivos e indústrias óticas e eletrônicas.

Poeira de Quartzo é um perigo

Embora possa parecer inofensivo, poeira de sílica não pode ser ingerida ou inalada, pois pode provocar a silicose, uma doença respiratória caracterizada por inchaço nos pulmões e gânglios linfáticos, causando dificuldade respiratória. O período médio da exposição a esse tipo de poeira é por volta de 20 anos ou mais, mas casos de problemas surgidos em menos de 5 anos já foram relatados.

-- continua depois da publicidade--

O Quartzo está relacionado a um risco de desenvolvimento de câncer de pulmão, devido à sua presença nos setores industriais de mineração, produção de abrasivos e fabricação de vidro.

Galena

Galena
Galena
-- continua depois da publicidade--

Os romanos empregavam a Galena para diversos fins, tais como para produzir tubos, tinturas e alimentos. Contudo, ela contém chumbo, material frequentemente usado na fabricação de pilhas, balas e blindagem de altíssima tecnologia, como manta de proteção para radiação e caixas de reatores nucleares. Também é utilizado como aditivo para tintas e gasolina, bem como para ser a solução para o armazenamento de produtos químicos corrosivos.

Ela não é tão má quanto o mercúrio, que mata imediatamente, mas o chumbo não é liberado pelo organismo. Ele se acumula ao longo dos anos, atingindo níveis tóxicos muito altos. O preço a se pagar é muito alto, pois o chumbo é cancerígeno e causa graves defeitos congênitos.

Fenaquita

Fenaquita
Fenaquita | Calder Crystals
-- continua depois da publicidade--

Extraída como uma pedra preciosa, a Fenaquita contém quantidades elevadas de berílio, que antes servia como base para muitos materiais cerâmicos. Porém, mediante a descoberta de que a inalação do pó deste mineral poderia levar à Doença de Berílio – similar à Silicose, mas extremamente crônica e aguda – a utilização da mesma foi drasticamente diminuída.

Não existe nenhum remédio contra essa enfermidade. Uma vez que ela é contraída, fica com a pessoa durante toda a sua vida. O problema é que os pulmões ficam excessivamente sensíveis ao berílio, fazendo com que aconteça uma reação alérgica a granulomas, detalhes microscópicos. Isso dificulta a respiração e ajuda a provocar males como a tuberculose.

-- continua depois da publicidade--

Erionite

Erionite
Erionite | Mnidat

A Erionite é uma zeólita, uma classe de silicatos minerais de características fibrosas, que muitas vezes é aplicada como um filtro molecular, pois consegue separar eletivamente as moléculas específicas de qualquer líquido ou da atmosfera.

Esta substância é encontrada em cinzas vulcânicas, efunciona como um catalisador para dopagem de metais nobres. Tem a aparência de minerais de amianto, o que resulta em danos à saúde humana, podendo causar mesotelioma, uma doença grave, que resulta, inevitavelmente, em um câncer maligno. A exploração deste material foi cessada no final da década de 80.

-- continua depois da publicidade--

Hidroxiapatita

Hidroxiapatita
Hidroxiapatita | chinaneolithic

Muito provavelmente, o fósforo do fertilizante usado em seu jardim e o flúor da água da torneira vieram de uma pedra conhecida como Apatita. Estes minerais fosfatados variam em suas variedades, todos contendo níveis satisfatórios de íons OH, F, Cl ou Hidroxiapatite, que ajudam a prevenir a cárie dentária.

-- continua depois da publicidade--

Possuir dentes fortes e sadios é, com certeza, algo muito positivo. Porém, a exposição à hidroxiapatite, seja por mineração ou processamento, acaba originando depósitos de minerais nas válvulas cardíacas, ocasionando o seu endurecimento.

Crocidolite

Crocidolite
Crocidolite

Saúde! Crocidolite, mais conhecido por amianto azul, é o material mais perigoso do mundo. É usado para uma ampla variedade de aplicações comerciais e industriais, devido à sua força e resistência ao fogo, encontrando-se em telhas e materiais de cobertura de pavimentação, além de servir de isolamento térmico.

-- continua depois da publicidade--

Em 1964, o Dr. Christopher Wagner descobriu que há uma ligação entre o amianto e a mesotelioma, constatando que o mineral provoca a doença de forma muito séria. Por esta razão, o mercado para esses produtos cessou e as estruturas de amianto foram extintas, não sendo mais fabricadas.